Sala de Imprensa

Edição Especial do Sanctions Pulse da LexisNexis Risk Solutions:
uma análise da atividade recente de sanções

Novo infográfico revela atividade regulatória em velocidade e escala significativas, criando um desafio histórico para o compliance

23/06/2022

ATLANTA —A LexisNexis® Risk Solutions divulgou as conclusões de uma edição especial de seu infográfico Sanctions Pulse focado nas sanções que surgiram por causa do conflito da Rússia contra a Ucrânia. A LexisNexis Risk Solutions analisou dados de sanções dos principais reguladores, União Europeia (UE), Office of Foreign Assets Control (OFAC, a agência reguladora do Tesouro americano) e Office of Financial Sanctions Implementation (OFSI, a agência reguladora do Reino Unido), para medir o quanto o panorama de sanções mudou diante do aumento global das sanções contra as entidades russas, bem como as implicações atuais e futuras para profissionais de compliance.

A atividade sem precendentes de mudanças de sanções nos últimos meses, em resposta à situação atual na Ucrânia, estimulou os reguladores a aplicar novas sanções e atualizar e expandir os regulamentos pré-existentes. É essa velocidade e escala de atividade, que não dá sinais de arrefecer tão cedo, que constitui um desafio para os profissionais de compliance. Analisando dados de 21 de fevereiro de 2022 a 31 de março de 2022, houve um total de 40 atualizações nas listas da UE, OFAC e OFSI, com uma adição líquida de mais de 2.384 denominações relacionadas apenas à Rússia, em comparação com 150 adições líquidas de designação para todos os programas de sanções durante o mesmo período do ano passado.

A análise mostra que os reguladores emitiram atualizações significativas da lista ao longo de um período de seis semanas, muitas delas concentradas no início do conflito e, às vezes, diversas vezes em um mesmo dia. Isso teve implicações consideráveis para os profissionais de compliance que enfrentam um desafio combinado de escala, velocidade e complexidade, à medida que precisam lidar com uma pilha maior de alertas, pressões adicionais nos processos de atualização da lista de sanções e correções de alertas onerosos.

As tendências das sanções observadas nos últimos anos acelerou em questão de semanas em resposta à situação na Ucrânia. Os Estados Unidos, UE e Reino Unido lideraram uma frente comum, seguidos por países como Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Muitos países europeus se alinharam com a UE, incluindo Ucrânia, Geórgia, Suíça, Noruega, Islândia e os estados dos Balcãs, excluindo a Sérvia. Essa atividade se estendeu além do ocidente, à medida que Japão, Coreia do Sul e Cingapura implementaram sanções semelhantes.

“Ninguém pode prever como o cenário de sanções evoluirá nos próximos meses, mas o escopo da atividade regulatória sobre a situação na Ucrânia já fez uma tempestade perfeita de sanções, implantando praticamente todas as tipologias para restringir as negociações com certos indivíduos, empresas, aeronaves, navios, produtos ou localidades”, disse Vincent Gaudel, especialista em compliance de crimes financeiros da LexisNexis Risk Solutions. “Enquanto os governos impõem essas sanções e restrições para atender certos objetivos de política externa, o ônus do cumprimento recai sobre as empresas privadas, resultando em enormes desafios de compliance que provavelmente não desaparecerão tão cedo. O impacto deste conflito europeu é global e terá um efeito contínuo no comércio e na economia mundial, com as cadeias de suprimentos e as relações internacionais sofrendo interrupções no longo prazo”.

Veja o infográfico (em inglês) que detalha como o cenário das sanções evoluiu entre 21 de fevereiro de 2022 e 31 de março de 2022 clicando aqui.

Sobre a LexisNexis Risk Solutions
A LexisNexis Risk Solutions une o poder dos dados e das análises avançadas para fornecer perspectivas que ajudam empresas e órgãos governamentais reduzirem risco e aprimorarem a tomada de decisão, beneficiando pessoas ao redor do mundo. Fornecemos soluções de dados e tecnologia para uma grande variedade de setores, inclusive, de seguros, serviços financeiros, saúde e governo. Sediada na região metropolitana de Atlanta, no estado da Georgia, Estados Unidos, contamos com escritórios no mundo todo e fazemos parte do RELX (LSE: REL/NYSE: RELX), fornecedor global de informações e análises para clientes profissionais e empresariais. Para mais informações, acesse www.risk.lexisnexis.com.br e www.relx.com.
Media Contact Form

Contatos de Mídia

Marcy Theobald
marcy.theobald@lexisnexisrisk.com
1.678.694.6681
1.678.232.0948